Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Pela Setúbal medieval (3)

* Victor Nogueira

O terramoto de 1755 produziu grandes estragos na Vila de Setúbal, Da Setúbal medieval resta o traçado das ruas, muitas delas estreitíssimas, para além da Rua Direita que ligava as Portas de S. Sebastião (a Leste) e a Nova (a Ocidente), esta junto à Ribeira do Paraíso, sem esquecer o Convento de Jesus  e alguns pórticos e portas manuelinas, os mais trabalhados dos quais são os da Igreja de S. Julião e do Convento de S. João. Da muralha medieval restam algumas torres e panos de muralha, para além de duas portas (a de S. Sebastião e a do Sol), e  três postigos (do Cais, de João Galo ou dos Mareantes e da Ribeira). O traçado da muralha era mais sinuoso a Oriente e rectilíneo nas restantes, como testemunham as Avenidas Luísa Todi, 22 de Dezembro e 5 de Outubro.






Troço da muralha no Largo  do Quebedo



Troço da muralha visto do Pátio Gago da Silva


Centro de Trabalho do PCP



Aqui situar-se-ia  o Postigo de Santo António.  Ao fundo a Capela de Santo António


Porta da Erva ou de Évora - Corresponde à ligação da Avenida 5 de Outubro com o Largo de Nossa Senhora da Conceição, no local onde se situa a Capela de Nossa Senhora da Conceição


Postigo do Sapal, chamado o Buraco d'Água - Corresponde à ligação da Rua Tenente Valadim com a Avenida 5 de Outubro. Subsiste a torre do "João do Grão"




Troço da muralha na Avenida 5 de Outubro


Postigo de Santa Catarina - Corresponde à ligação da Travessa de Santa Catarina com a Avenida 5 de Outubro


Torre na esquina das Avenidas 5 de Outubro e 22 de Dezembro


Torre na Avenida 22 de Dezembro


Torre na esquina das Avenidas 22 de Dezembro e Luísa Todi


Postigo das Lobas - Corresponde à ligação da Travessa das Lobas com a Avenida Luísa Todi (foto em http://etcetal.blogs.sapo.pt/setubal-sempre-em-festa-401626)


Neste Palácio, em 22 de Agosto de 1484, D. João II apunhalou e assassinou o seu cunhado D. Diogo, 3ª. Duque de Beja, 4ª. Duque de Viseu e Contestável de Portugal , por estar envolvido numa conspiração contra a centralização do poder real.


Por aqui corria a muralha medieval, na Avenida Luísa Todi







Postigo da Ribeira - Na ligação da Avenida Luísa Todi ao Largo Dr. Francisco de Soveral, anteriormente, Largo da Ribeira Velha




Postigo de São Cristóvão - Corresponde à ligação da Rua de São Cristóvão com a Avenida Luísa Todi



Postigo da Pedra ~ Corresponde à ligação da Travessa do Postigo da Pedra com a Avenida Luísa Todi. Foi derrubado em 1871

  


Cetáreas romanas


Postigo de Frei Gaspar - Corresponde à ligação da Travessa de Frei Gaspar com a Avenida Luísa Todi. Foi derrubado em 1871.


Antigo Hospital da Misericórdia no Largo da Misericórdia


Travessa da Portuguesa












Rua Antão Girão




Rua Arronches Junqueiro (antiga Rua de S. Sebastião) - Ao cimo fica a Porta de S. Sebastião


Postigo da Alfândega - Corresponde à ligação da Rua da Alfândega com a Avenida Luísa Todi



Travessa das Farinhas






Postigo de João Galo - na ligação da Rua dos Mareantes (antiga Rua de João Galo) com a Avenida Luísa Todi


Travessa das Farinhas



Travessa de João Galo





Rua Pereira Cão


Entre os prédios azul (Hotel Esperança) e rosa era o Postigo da Pedra e entre o rosa e o branco (CGD) o Postigo de Frei Gaspar




Azulejo representando a Pedra da Anixa, no Portinho da Arrábida


Postigo do Carvão - Corresponde à ligação da Rua Dr. António Joaquim Granjo com a Avenida Luísa Todi. Inicialmente denominado postigo do Ouvidor. Também foi conhecido como postigo de S. José




Travessa da Bombarralha



Travessa do Postigo do Cais


Em frente o Baluarte setecentista da Conceição


Postigo do Cais - Ainda hoje existe um arco de abóbada, na ligação da Travessa do Postigo do Cais com a Avenida Luísa Todi, em frente ao antigo quartel do Regimento de Infantaria 11


Por aqui corria a muralha medieval, rumo à Porta do Sol


Antiga Alfândega (actual Biblioteca Municipal). À direita o Postigo de João Galo


Avenida Luísa Todi












Hospital João Palmeiro



Rua de Santa Maria



Postigo dos Apóstolos - Por identificar



Casa da Confraria do Corpo Santo (actual Museu do Barroco) e troço da muralha medieval














Largo da Ribeira Velha - Até ao sec. XVI era aqui o centro administrativo da Vila de Setúbal, o mercado do peixe a até 1774  o pelourinho, actualmente colocado na Praça Marquês de Pombal. Em 4 de Outubro de 1911 a Cãmara deliberou a mudança do nome, homenageando o Dr. Francisco Soveral, benemérito setubalense.


Fotos em 2017.05.01 / 02


Muralhas de Setúbal

in https://pt.wikipedia.org/wiki/Muralhas_de_Set%C3%BAbal#Portas_e_postigos_da_muralha_medieval
***

Muralha Medieval de Setúbal

VER TAMBÉM

Sem comentários: