Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sábado, 20 de maio de 2017

Muralhas de Setúbal - Baluarte de S. João

* Victor Nogueira

O Baluarte de São João assegurava com São Domingos, a defesa da Vila de Setúbal a nascente. Mantêm-se panos de muralha convergindo em cunha virada a leste: a rua Formosa confronta a muralha nascente, a rua dos Comediantes a poente e a avenida Jaime Cortesão a sul; junto à muralha virada a norte funciona um parque de viaturas da PSP, noutros troços há outras construções.












fotos em 2017.03.17




fotos em 2017.05.20








(Google Earth)


(cemitério dos ingleses do lado esquerdo com a muralha ao fundo)

Em 1943, a Rua Formosa, frente ao portão do Quartel da GNR na Jaime Cortesão, temos a antiga muralha e tínhamos o cemitério dos ingleses na sua direcção. Neste cemitério foram depositados os corpos de uns ingleses que morreram num acidente de viação em Setúbal, que como é óbvio actualmente já não existe.(https://www.geocaching.com/geocache/GC35C87_os-baluartes-sec-xvii-setubal?guid=7064dd57-ea51-493a-af8c-de1970896803)



Sem comentários: