Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sábado, 19 de novembro de 2011

Microscópio revela 'rosto assustador' em minúsculo animal aquático

previous
next n



Uma imagem feita com microscópio revelou um 'rosto assustador' no esqueleto de um minúsculo animal aquático, um briozoário, que vive em colônias e participa da construção de recifes.
A fotografia faz parte da exposição "Incredible Inner Space", organizada pelo Centro de Pesquisa Microscópica e de Microanálise da Austrália, que destaca a beleza encontrada em trabalhos científicos realizados em uma rede de laboratórios e universidades ao redor do país.
Segundo os cientistas, além de belas, as imagens fazem parte de uma busca por conhecimento e contam uma história.
"A análise de materiais em escalas microscópicas e atômicas é fundamental em áreas como medicina, engenharia e arqueologia", dizem os organizadores.
A impressionante imagem do briozoário, por exemplo, faz parte de uma pesquisa de David Salt, da Universidade de Sydney, que analisa esqueletos atuais para poder identificar melhor as formas fossilizadas das criaturas aquáticas.
Os buracos maiores no esqueleto servem para permitir que o animal que vive ali dentro estenda os tentáculos para fora para se alimentar. Os outros buracos menores são os locais onde ficam os embriões e ovos do briozoário.

Sem comentários: