Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Garagem Imperial, Lisboa (Portugal)



Quarta-feira, 30 de Novembro de 2011
Garagem Imperial
 Há dias ouvi um jurista dizer que dantes os contratos se faziam para cumprir, hoje para serem renegociados. Isto a propósito de automóveis do governo.

Garagem Imperial, Rua Carlos Mardel (M.Novais, 1940-50)

Garagem Imperial, Arroios, [anos 40-50].

Estúdio de Mário de Novais, in Biblioteca de Arte da F.C.G..



Escrito com Bic Laranja às 08:50

Garagem Imperial, Lisboa (Portugal)

Fotografia sem data. Produzida durante a actividade do Estúdio Mário Novais: 1933-1983.
[CFT003 005774.ic]

Comentários e favoritas

  1. Garagem Imperial
    Rua Carlos Mardel, n.ºs 12-14 Lisboa
  2. Os três primeiros carros da direita são:
    LH-10-36 é um Tatra de 1937
    MN-43-90 é um Reo de 1934
    ON-10-00 é um Renault Celtaquatre de 1936 .
    (Flipz - Classicosonline)

Sem comentários: