Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

terça-feira, 25 de março de 2008

Os tratadores de canídeos e felinos

Domingo, Junho 03, 2007





O Zé Luís fazendo tropelias a um dos gatos enquanto o pai dos tratadores lia o jornal


Outro dos felinos



O mesmo felino lavando-se



O Jack em flagrante delito


O Jack olhando pôr do sol e o horizonte, para lá do qual está o Brasil



Um cão galhofeiro numa noite em Serpa



Cão prisioneiro em Linda-a-Pastora



Cão sentado à janela, numa rua de Lisboa



O mesmo cão em pé



O Cão, o melhor amigo do homem ..
... quando não lhe ferra o dente !
E podia lá deixar de falar nos gatos?


* Victor Nogueira

Gosto de cães, mas não posso tê-los porque apartamento não rima com animais à solta.
.
Leia e veja o resto, se estiver para aí virado, no Kant_O_XimPi
.
.

2 comentários:

Maria, Simplesmente disse...

Porque não Continuares com as fotos?...
Bj
Maria

redonda disse...

Gostei das fotografias e da ideia para o blog.