Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Mergulhador canadense encontra máquina fotográfica no mar com fotos intactas


Postado por Henrique Cesar Ulbrich em 29/11/2011 00:07

 


Câmera vagou pelos mares por um ano até ser resgatada por um mergulhador, em um pier no Canadá; fotos estavam intactas.
Por Guilherme Abati
Muitas coisas podem estragar uma viagem. Entre elas está perder um caro equipamento de fotografia no oceano. O mergulhador Marcus Thompson estava trabalhando perto de um píer no Canadá quando avistou uma câmera fotográfica no fundo do mar. Ele apanhou a câmera, uma Canon, que no momento estava completamente enferrujada e sem uso, e levou para casa. Lá ele descobriu não só que o cartão de memória ainda funcionava, como pôde ver também todas as 50 fotos que foram clicadas com a maquina antes dela ser perdida.
De acordo com o Dvice, entre as fotos ele visualizou uma em que uma jovem família posava sorridente, a data da foto era de mais de um ano atrás.

Imagem da Canon encontrada no Canadá/ Dvice

Thompson passou então a procurar pela família dona das fotos através das redes sociais. Ele postava as fotos encontradas na câmera na esperança de que alguém conhecesse a quem pertencia a Canon. Poucos dias passaram até um usuário do Google+ entrar em contato com Thompson afirmando que conhecia o dono do equipamento perdido.
O dono da Canon é um bombeiro de uma cidade vizinha. A câmera ainda não foi devolvida – e talvez nem seja, afinal, está completamente inutilizada – entretanto, o bombeiro só espera uma folga para ir até a cidade pegar as fotos e agradecer o mergulhador, segundo o Engadget.
A Canon não resistiu. Mas para a Sandisk, fabricante do card de memória que equipava a máquina, é uma ótima propaganda.

Canon EOS 1000D washes ashore in BC, Canada, SD card reveals it was lost at sea for over a year (update)

What you're looking at was once a fully functional Canon EOS 1000D, now merely a relic of the sea (the Pacific Ocean, to be exact), which was recently posted on Google+. User Marcus Thompson, found the DSLR washed up near a wharf while on a diving job in Deep Bay British Columbia, Canada and decided to take it home to find out what could be salvaged. After removing and cleaning the SanDisk Extreme III SD card inside of it, he was successfully able to recover about 50 photos with EXIF data from August 2010, showcasing what's described to be a firefighter and his family on vacation. While he hasn't located the owner of the shooter turned coffee table decoration just yet, Marcus is currently asking the "Google+ hive mind" to help get the two reunited. If you're from BC area and want to help out -- or just curious to see this DSLR from more angles -- you'll find some pictures from the SD card and more information about the camera at the source link below.

Update (5:00PM): The original Google+ post was updated within the last hour, noting that the owner of the camera has indeed been identified!

Sem comentários: