Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

O mestre da fotografia de horror! - Joshua Hoffin,


nNen
Nesta sexta-feira 13 a homenagem é ao especialista na transformação de pesadelos em fotografias, sua vida é dedicada a isso.
Se você está a procura de fotografias “trash”, confira o portfólio do artista e fotógrafo Joshua Hoffine. “Expert” no assunto, Joshua monta um cenário específico para cada ensaio fotográfico. É uma série de etapas que vai de objetos de decoração até a maquiagem horroripilante, tudo para que o resultado final chegue o mais próximo possível da verdade – o sangue, as expressões, texturas e luzes.
Isso mexe com a emoção de qualquer um. Seu trabalho é pregar o terror, a ira, o medo, a fome de matar é o combustível para que cada ensaio se torne melhor que outro. Quem o procura já sabe o que vai encontrará pela frente: sangue por todo lado, corpos dilacerados, olhares de espanto, apreensão e medo. Você ainda duvida? Olhe o que vem pela frente.
nnn
nnn
Ficou com medo? Veja as principais etapas do processo fotográfico:
nnn
Joshua Hoffine
Joshua Hoffine
Hoffine que é de Kansas, Estados Unidos, não trabalha com montagens em programas de edição, sendo que só usa-os para fazer uns pequenos retoques (nas cores para impressão) em suas obras de arte. É formado em literatura inglesa, iniciou sua carreira como fotógrafo de casamentos e hoje se dedica à fotografia de horror. O primeiro resultado desse trabalho é a série “After dark, my sweet”, que retrata o imaginário infantil dos contos de fada, usando o horror para explorar e provocar sensações. Hoffine tem um  cuidado extremo com suas fotografias, a cada série de fotos parece uma montagem de um curta-metragem, sendo, os atores das fotos membros de sua família.
Na base do seu trabalho está o amor pelos velhos cartoons da Disney, a combinação entre o dessas animações e os valores de produção dos grandes filmes de Hollywood. A seguir, mais fotos:
nn
Acesse o Blog de Joshua Hoffin.
.
.
http://wp.clicrbs.com.br/semcensura/2010/08/13/o-mestre-da-fotografia-de-horror/?topo=84,2,18,,,84
.
.

Sem comentários: