Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Ripper lança o livro Imagens Humanas, com o cotidiano de brasileiros


Ripper lança o livro Imagens Humanas, com o cotidiano de brasileiros

Camila Elias | Comunidade | 01/12/2009 12:59
.


.
Uma coletânea de 195 fotos que retratam o cotidiano de moradores de favelas, camponeses, trabalhadores rurais, comunidades indígenas, ribeirinhos, quilombolas e diversos outros brasileiros, produzidas ao longo de 35 anos por JR Ripper, fundador da agência fotográfica Imagens do Povo, sediada no Complexo da Maré, vira livro. Nesta terça-feira (1), será lançado Imagens Humanas que, embora pareça antagônico, revela densamente a simplicidade humana.
.
* Confira a galeria de fotos
.
Além de produzir fotos que encantam pela técnica, Ripper, ao fotografar, preocupa-se em querer transmitir uma sensação de querer bem para a pessoa fotografada e dar-lhes identidade.
.
"As pessoas que vivem em segmentos constituídos de pessoas pobres financeiramente, geralmente têm sua beleza omitida e são mostradas, muitas vezes, como agentes de uma violência da qual são vítimas. A imensa maioria não tem nenhum envolvimento com ilegalidades, são pessoas dignas, bonitas, sensuais , trabalhadoras e que merecem ser vistas e admiradas pelo que tem de bom e não culpadas por uma violência. A resistências dessas comunidades precisa ser mostrada , divulgada para que a população receba essas informações e nos seus julgamentos possam querer bem a essas pessoas", conta Ripper
.
O livro, bilíngue e organizado em quatro núcleos temáticos - dor, amor, resistência e liberdade -, traz, além de imagens em P&B, textos de Carlos Walter, Emir Sader e dos responsáveis pela coordenação editorial, Mariana Marinho e o professor de fotografia da UFF e UFRJ, Dante Gastaldoni.
.
.

Confira a galeria de fotos do livro Imagens Humanas, de JR Ripper

Camila Elias | Comunidade | 01/12/2009 12:52
 .

 .


.


 .

 .
.

Sem comentários: