Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

passando pelo Porto no banco do "pendura"


Ponte da Arrábida






Jardim de S. Lázaro




Biblioteca Municipal


Largo do Padrão









Rua Fernandes Tomás







Rua D. João IV





estrada Porto / Viana


Torre das Antas - Avenida Fernão de Magalhães (no lugar onde foi o estádio do dragão)


Praça Velasquez




Campo 24 de Agosto - edifício da Junta de Freguesia


Rua Fernandes Tomás

Sem comentários: