Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sábado, 22 de julho de 2017

Em Vendas de Azeitão

* Victor Nogueira

A meio  encosta e pela Rua de Setúbal que desce do Alto das Necessidades até ao Largo do Chafariz começa Vendas de Azeitão. A Ermida de N. Sra das Necessidades, pertença da Quinta do Alcube, foi construída em 1750, por iniciativa de um antigo morador da vila de Vendas que aqui se fez sepultar O pequeno templo revela bem a intenção do seu promotor: proteger o antigo cruzeiro gótico, de 1474 e que fora concebido como cruzeiro de caminho.

Tem a povoação 3 fontenários ou chafarizes, o mais importante dos quais se situa no Largo do Chafariz, perto da Rua do Poço. Os restantes situam-se na  EN 378, que vai para Vila Fresca.


Ermida de N. Sra das Necessidades (EN 10)











Rua da Paz










Largo do Chafariz


Fonte da Rua Miguel Bombarda






Avenida 25 de Abril  (EN 378)




fotos em 2017.07.21

Sem comentários: