Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Fotografia sem Fotógrafo




O belga Guy Schraenen é o comissário de mais uma exposição na biblioteca de Serralves, no Porto. Desta vez concentra-se no uso da fotografia pelos artistas dos anos 70. Até 31 de Agosto.
A fotografia como suporte e "ferramenta" na elaboração das suas obras, Esta exposição mostra exemplos de como artistas plásticos dos anos 70 utilizaram a fotografia, como matéria principal ou apenas pontualmente. Obras de Ed Ruscha, Hans-Peter Feldmann, Christian Boltanski ou Sol LeWitt. S.Po. (PÚBLICO)

 

226156500
Porto, Museu de Serralves - Rua Dom João de Castro, 210
De 22-05-2010 a 31-08-2010
Segunda a sábado das 10h00 às 18h00
Fotografia, Outros. Na Biblioteca.
Ed Ruscha, Hans-Peter Feldmann, Christian Boltanski, Sol LeWitt, Joseph Kosuth, Allan Kaprow, , entre outros

Sem comentários: