Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sábado, 2 de julho de 2016

andarilhando

* Victor Nogueira



fotos victor nogueira - andarilhando pelas digitalizações
da esquerda para a direita e de cima para baixo


S Quintino (Sobral de Monte Agraço), Ponte da Barca, Senhora da Atalaia (Montijo), Pinhal Novo (coreto), moinho de vento (Atalaia), Arcos de Valdevez, Setúbal, Seixal, Tornada (Caldas da Rainha)


fotos victor nogueira - andarilhando pelas digitalizações


da esquerda para a direita e de cima para baixo


Cela (Coutos de Alcobaça), Arrentela (Seixal), Cacém (Quinta da Belavista), Porto Salvo (Oeiras), Atouguia da Baleia, Linda-a-Pastora, Maiorga (Coutos de Alcobaça), canídeo, Salzedas, Cacém (Quinta da Belavista)





Sem comentários: