Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

segunda-feira, 4 de julho de 2016

andarilhando por castelos e fortificações


fotos victor nogueira - andarilhando pelas digitalizações - CASTELOS E FORTIFICAÇÕES - da esquerda para a direita e de cima para baixo


1. - Forte do Outão (Setúbal). Abrantes, Aljezur, Alter do Chão, Santiago do Cacém, Sines, Vila do Touro, Castelo Novo, Arraiolos, Lisboa (S. Jorge) 



2 - Guimarães, Mourão, Montemor-o-Novo, Pombal, Sabugal, Serpa, Bragança, Barcelos, Oeiras (S. Julião da Barra), Sintra (Castelo dos Mouros)



3. - Vila Nova de Cerveira, Vila Nova de Mil Fontes, Moura (castelo). Palmela, Moura (torre de atalaia), Vila do Conde (Forte de S. João Baptista), Mértola, Cividade de Terroso, (Póvoa de Varzim). Setúbal (Forte de S. Filipe), Lisboa (Torre de Belém)

Sem comentários: