Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sábado, 16 de outubro de 2010

Matéria Efémera

 
Evento: Matéria Efêmera
.
Data: 9/10/2010 a 16/10/2010
Local: Galeria ACBEU
Endereço: Av. Sete de Setembro, 1883
Horário: Segunda a sexta das 14h às 20h e Sábado das 16h às 20h (até 30/10)
Valor: Entrada gratuit Site:www.acbeubahia.org.br
Mais Informações: (71) 3444-4411
Release-
.Na exposição individual Matéria Efêmera, a artista Sarah Hallelujah apresenta parte de sua produção artística realizada durante a pesquisa no Mestrado em Artes Visuais da UFBA. São trabalhos em vídeo e fotografias captadas pelo fotógrafo Vicente Sampaio. São registros de uma ação efêmera da artista, imagens rápidas e fugazes, onde o instante apreendido foi preponderante para o surgimento de formas singulares no céu. .
.
Os trabalhos refletem uma busca pelo intangível, aborda também questões referentes ao deslocamento de território através da dispersão de matérias como água e terra. Um diálogo entre matéria e vida, através da construção e da desconstrução de imagens formadas por movimentos de terra. Por essa ação efêmera buscou-se criar uma poética da brevidade da vida, a possibilidade de continuação, de uma eternização, ainda que seja através da matéria em transformação. Sarah Hallelujah nasceu em São Paulo em 1979, é artista visual, formada na Escola de Belas Artes da UFBa. Participou de diversos salões e exposições sendo premiada em 2008 com o prêmio Fundação Cultural da Bahia no salão regional de Itabuna.
.
Lecionou como professora substituta as disciplinas de cerâmica na Escola de Belas Artes da UFBA, onde desenvolveu com seus alunos pesquisa sobre a cerâmica como linguagem na arte contemporânea. Em 2009, ingressou no mestrado desta mesma instituição, onde desenvolve uma pesquisa sobre o efêmero e as transformações da matéria. Seu trabalho permeia diversas linguagens artísticas, sendo as mais utilizadas cerâmica e fotografia. 
.
http://ibahia.globo.com/exposicoes/exposicoes/default.asp?id_evento=29260&id_tipo_evento=4
.
.

Sem comentários: