Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sábado, 16 de outubro de 2010

Pobreza e exclusão social são temas de exposição fotográfica em Vialonga



foto

 

Pobreza e exclusão social são os temas. Os autores das fotografias - que estão em exposição na sede da Animar - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local, em Vialonga, têm entre 10 a 15 anos. 
.
A mostra, inaugurada na quarta-feira, 6 de Outubro, inseriu-se nas comemorações do evento “24h pelo combate à pobreza e exclusão social”.
.
“Esta exposição é muito pequenina e simples mas tem um grande significado porque as fotografias foram tiradas por crianças oriundas de um bairro social de Vialonga e outro de Arcena”, disse a coordenadora técnica do projecto “Animar o Bairro”, Cláudia Chambel. 
.
Mais do que a visão dos técnicos que trabalham no terreno, a exposição pretende dar a conhecer o que é a pobreza para os jovens. Uma fotografia de um beliche ou de duas mãos abertas são apenas alguns dos trabalhos que podem ser observados. 
.
Paralelamente à exposição vão decorrer três actividades. Os interessados podem jogar ao “jogo da carica”, associar uma palavra à fotografia que estão a ver ou entrar numa sala e tirar algumas fotografias a objectos relacionados com a pobreza e a exclusão social.
.
A Animar participou na organização nacional do evento “24 horas pelo combate à pobreza e à exclusão social” que juntou perto de uma centena de entidades privadas e públicas. A iniciativa pretendeu “dar visibilidade à luta contra a pobreza e exclusão social e sensibilizar os vários sectores da sociedade para uma responsabilidade que é de todos”. Ao longo de todo o dia realizaram-se várias actividades em todo o país. 
.
A exposição ficará na sede da ANIMAR, na rua Antero de Quental, em Vialonga, pelo menos até final de Outubro. O objectivo é levar os trabalhos a percorrer vários espaços do concelho.
.
.
http://semanal.omirante.pt/index.asp?idEdicao=465&id=68873&idSeccao=7420&Action=noticia
.
.

Sem comentários: