Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sábado, 23 de outubro de 2010

Exposição de fotografia «Distância que nos une»


artes rostos.pt - o seu diário digital
No Espaço J - Barreiro
Exposição de fotografia «Distância que nos une»
No Espaço J - Barreiro<br>
Exposição de fotografia «Distância que nos une».
De 22 de Outubro a 11 de Novembro

A "Distância que nos une" é o título da exposição de fotografia, da autoria de João Ramos, que vai estar patente ao público no Espaço J, de 22 de Outubro a 11 de Novembro.

João Carlos da Silva Ramos nasceu em Alhos Vedros, concelho da Moita, em 1981 e reside desde sempre na Baixa da Banheira.
.
É Designer Gráfico de profissão e fotógrafo amador nos tempos livres. Autodidacta em fotografia, esta representa para si um complemento a nível expressivo e artístico. “Distância que nos une” é a sua primeira mostra fotográfica.
.
Esta mostra pode ser visitada no horário habitual do “J”, de segunda a quinta-feira, das 15h00 às 00h00 e sexta-feira e sábado, das 15h00 às 19h00.

Distância que nos une
Exposição Fotográfica de João Ramos

«João Carlos da Silva Ramos nasceu em Alhos Vedros em 1981 e reside desde sempre na Baixa da Banheira.
.
É Designer Gráfico de profissão e fotógrafo amador nos tempos livres. Autodidacta em fotografia, esta representa para si um complemento a nível expressivo e artístico.
.
Em 2007, participa no II Raid Fotográfico da Moita do qual é vencedor do Tema “Rio Tejo”.
.
Foi este o impulso necessário para começar a focar a beleza natural e riqueza cultural da sua região.
.
Em 2009, vence o IV Raid Fotográfico da Moita com o melhor portfólio do qual é também vencedor do 1º prémio da categoria Cultura Local.
.
Em 2010, vence o Concurso Fotográfico subordinado ao tema “O interior do concelho de Odemira” promovido pela Associação para o Desenvolvimento de Amoreiras-Gare e a segunda fase do Concurso Água das Pedras.
.
Possui diversos trabalhos publicados em galerias online da especialidade.
.
Tendo por base o tema “O Rio - gentes e locais”, os seus trabalhos cobrem diversos géneros fotográficos. Da paisagem aos detalhes ribeirinhos, passando pela fotografia abstracta, João Ramos tem como principal objectivo conciliar criatividade e informação cultural através das imagens.


“Distância que nos une” é a sua primeira mostra fotográfica.

A noção de distância sendo ambígua, torna-se difícil de identificar.
.
João Ramos pretende captar e transmitir com pormenor essa distância – temporal, afectiva, dispersa, entre outros significados sensíveis ao espectador.
.
O Rio, tema dominante da exposição, é abordado de modo peculiar em que a presença humana está omnipresente.
.
Ao longo de várias fotografias, o autor convida-o a desfrutar de uma bela viagem através de visões e perspectivas que estão à distância de um olhar…»
.
.
http://www.rostos.pt/inicio2.asp?cronica=201453&mostra=2
.
.

Sem comentários: