Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Cidades, cores, ornitólogos e fotografias na seleção do BES


Artes Plásticas
por Lusa



Diário de NotíciasCarlos Azeredo Mesquita, Eduardo Guerra, Miguel Ferrão e Mónica Baptista são os jovens artistas seleccionados, por unanimidade do júri, na 5.ª edição do concurso BES Revelação, anunciou hoje a organização.
.
Os quatro artistas receberão uma bolsa de produção de 7500 euros cada, e as obras serão expostas no Museu de Serralves, no Porto, em Novembro de 2010.
.
O prémio foi instituído há seis anos pelo Banco Espírito Santo, com o objectivo de 'fomentar a mais jovem produção artística nacional' e é aberto a candidatos até aos 30 anos, portugueses ou residentes em território nacional.
.
O júri do concurso deste ano foi composto pela curadora independente Margarida Mendes, programadora do espaço The Barber Shop, em Lisboa, o neozelandês Simon Rees, curador chefe do Centro de Arte Contemporânea de Vilnius (Lituânia), o curador e crítico de arte italiano Simone Menegoi, colaborador da revista Kaleidoskope, e ainda o curador e artista francês Pierre Leguillon.
.
O projecto de Carlos Azeredo Mesquita (1988) intitula-se 'The Radiant City' e consiste numa série de fotografias de caravanas nos subúrbios da cidade de Budapeste, numa reflexão sobre o destino das utopias e a utilização da fotografia enquanto ferramenta documental. O artista é finalista do curso de design da Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto.
.
'Uma teoria particular' é o título do projecto de Eduardo Guerra (1986), a partir da Teoria das Cores de Goethe, e cruza a escultura com o som. Licenciado em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes de Lisboa, o jovem frequenta um mestrado em Filosofia/Estética na Universidade Nova de Lisboa.
.
Em idêntica situação académica encontra-se Miguel Ferrão (1986), que levou ao concurso BES Revelação um projecto com o nome de 'Diálogo de Ornitólogos', uma instalação em que utiliza vídeo, serigrafia e texto.
.
A proposta de Mónica Baptista (1984) é um 'filme animado a partir de centenas de rolos fotográficos de diapositivos', a misturar em filme registos diarísticos, pessoais e políticos. A artista é licenciada em Pintura pela Faculdade de Belas Artes do Porto e tem trabalhado em cinema experimental.
.
.

Sem comentários: