Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

terça-feira, 24 de novembro de 2009

World Press Photo 2009 : A "melhor janela para a realidade" volta à Maia


JornalismoPortoNet 
.
World Press Photo: A "melhor janela para a realidade" volta à Maia
Imagem de Anthony Suau retrata a crise económica
Foto: DR
.
World Press Photo regressa ao Fórum da Maia até 13 de Dezembro. É a exposição mais importante que se faz a Norte do país, diz autarca maiato.
.

.
Uma das mais importantes exposições de fotojornalismo do mundo, o World Press Photo (WPP), regressa, pela oitava vez, à Maia. As fotografias premiadas estão expostas no Fórum Maia de 20 de Novembro a 13 de Dezembro.
.
A fotografia vencedora é do norte-americano Anthony Suau, com um trabalho publicado na revista "Time" sobre a crise económica. A imagem foi tirada em Março de 2008 no Ohio, EUA.
.
Para a presidente do júri, MaryAnne Golon, "a força desta imagem está nos seus opostos". "Parece uma fotografia clássica de conflito, mas é apenas o despejo de pessoas de uma casa após uma execução de hipoteca", disse, em declarações aos jornalistas, sexta-feira, na inauguração da exposição.
.
O comissário da Fundação World Press Photo, Paul Ruseler, diz que a exposição tenta "chegar ao maior número de pessoas possível" e refere que uma das grandes diferenças da edição de 2009 em relação a edições anteriores é "a maior participação de fotógrafos chineses, o que também é uma forma do país mostrar o seu crescimento económico culturalmente".
.

A "melhor janela fotográfica" para a realidade

.

Presente na inauguração esteve também o Presidente da Câmara da Maia, António Bragança Fernandes. Salientando que esta é a exposição mais importante que se faz a Norte do país, o autarca espera que o certame receba dez mil visitantes. Afinal, trata-se de "uma exposição muito importante", pois retrata a "crueldade do mundo", salientasalienta.
.
Também o vereador da Cultura da Maia, Mário Nuno Neves, sublinhasublinha a importância cultural da mostra de Fotojornalismo, que traz ao público as melhores imagens do ano publicadas na imprensa. Mário Neves acrescenta que o WPP é "provavelmente a melhor janela fotográfica" para a realidade.
.
A 52.ª edição contou com a participação de 5.508 fotógrafos de 124 países, com mais de 96 mil imagens. É constituída por 185 imagens de fotógrafos profissionais de várias nacionalidades, divididas por dez categorias. As imagens ilustram acontecimentos marcantes de 2008, como, por exemplo, a crise económica ou o conflito da Geórgia-Rússia. O júri premiou 62 fotógrafos de 27 nacionalidades distintas.
.
A exposição pode ser visitada de terça-feira a domingo entre as 15h00 e as 19h00. Os bilhetes custam entre dois e três euros.
.
.

Sem comentários: