Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

“Altered States of Reality” - Fotógrafos expõem tecnologia digital em exposição fotográfica em NY


Edição Impressa

Home | Notícias | Cultura
. 11/04/2009 09:53:41 AM

Único brasileiro expondo, Clécio já apresentou o belo trabalho

a outras galerias de Nova Iorque e New Jersey.

Divulgação
O artista Clécio, à esquerda, durante a exposição.

O artista Clécio, à esquerda, durante a exposição.

.
Está aberta desde o dia 27 de outubro a exposição “Altered States of Reality: an Exhibition of Analog and Digital Fine Art Photography”, na Agora Gallery em Nova Iorque. Junto com mais doze fotógrafos, o brasileiro Clécio Lira expõe belas e coloridas imagens compostas em tecnologia digital. A mostra segue até o dia 17 de novembro. . A abertura oficial da exibição ocorreu no dia 29 de outubro. Os outros expositores são Lil Dafonte, Rupert Davis, GISART, Sharon Hickey, Isaac Images, Joblueheart, Eleanor Owen Kerr, David LaBella, Uri Mahlev, Lymarie Rodriguez, Toktam Tayefeh e Maria Trezzi. . As obras de Clécio são coloridos copos de leite. A técnica, obtida segundo ele de forma acidental, consiste em usar um filme digital numa foto preto e branco. A tridimensionalidade da imagem é adquirida a partir do negativo, onde é feita a pintura. O fotógrafo disse que nunca viu alguém usar uma técnica semelhante. . A idéia de fotografar os copos de leite aconteceu depois de um trabalho em São Francisco, Califórnia, no Golden Gate Park. Quando voltou para Nova Iorque, começou a manipular as fotos, consideradas por ele como uma arte industrial. . Único brasileiro expondo, Clécio já apresentou o belo trabalho a outras galerias de Nova Iorque e New Jersey, e curte agora o début na Agora Gallery. O fato de ser brasileiro faz toda a diferença para ele. “Acho que meu trabalho reflete bem o Brasil”, disse ele, deixando escapar que o carnaval é a grande inspiração para tanto colorido. Há 10 anos o carioca da gema não desfila na Viradouro do coração, e sente falta de estar no meio de todo o processo de criação dos sambas enredo e das fantasias. . Raízes brasileiras .
A definição do fotógrafo para a própria arte expõe o amor pelas raízes. “É um processo criativo onde quero mostrar a vibração brasileira através das cores”. Seja fotografando a vitória-régia, elaboradas obras de arte ou as mais belas paisagens, Clécio consegue falar através das imagens. A série de fotos que sugestiona movimentos para todos os lados ilustra bem esta conversa. . Formado em pedagogia pela Universidade Santa Úrsula, Clécio sempre se deixou encantar pela fotografia. Antes de buscar imagens mundo afora, se arriscou como dançarino e ator de teatro. Disse que gosta de produzir fotos de estúdio, as quais são mais precisas. Buscando novos horizontes, planeja se lançar também como fotógrafo de moda e de revistas. . Com um estúdio no Queens e morando em Manhattan, Clécio sempre lembra com muito carinho da terra natal. Nos outros países onde morou, segundo ele, um sorriso se abria imediatamente no rosto das pessoas, quando dizia que é brasileiro. . “Altered States of Reality” pode ser vista de terças a sábados, das 11am às 6pm. O endereço da Agora Gallery é 530 West 25th Street, telefone (212) 226-4151. . O trabalho de Clécio Lira pode ser conhecido no website oficial www.cleciolira.com. Contatos com o fotógrafo através do telefone (646) 416-3526 ou do e-mail cleciolira@gmail.com.
.
Por: Angela Schreiber - Comunidade News .



Sem comentários: