Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

domingo, 22 de novembro de 2009

Encontro Internacional de Fotografia Fotograma 09

Diário do Pará - Sexta-feira, 20/11/2009, 09:24h                     
.
Pará é destaque em evento de fotografia no Uruguai
.
Fotógrafos paraenses estão em Montevidéu, no Uruguai, participando do Encontro Internacional de Fotografia Fotograma 09, que foi aberto no último dia 6. Miguel Chikaoka e Alberto Bitar foram convidados para ministrar oficinas para o público uruguaio e Mariano Klautau Filho apresenta lá a exposição “Finisterra” e a conferência “Miguel Rio Branco e As Tensões da Imagem”.
.
Já a fotógrafa Claudia Leão participará da comunicação “Nossas Memórias e Esquecimentos”, onde fará uma análise sobre a presença das imagens de família a partir dos estudos sobre memória e identidade.
.
Na segunda edição do evento, mais de 150 mostras fotográficas estão expostas desde outubro e ficarão até dezembro. Participam mais 500 expositores, de 15 países.
.
Chikaoka levou a tradicional Pinhole,no formato Pin Lux – feita com caixa de fósforos. Fundamental para entender os fundamentos básicos da fotografia, é por meio da maneira artesanal de capturar a imagem que o fotógrafo foi responsável, aqui em Belém, pela formação de diversos outros fotógrafos.É ele também quem coordena desde 2002, em Belém, o Pinhole Day, que reúne várias pessoas na Praça das Mercês.
.
“Esta oficina é uma oportunidade para compartilhar olhares e sentimentos sobre a importância do ‘fazer com as próprias mãos’ na construção e expressão do conhecimento em diferentes contextos sociais e culturais”, diz o fotógrafo.
.
Alberto Bitar aborda o processo de construção de vídeos feitos a partir de fotografias. Ele fala sobre o processo base de produção do vídeo “Quase Todos os Dias...Belém” e “Quase Todos os Dias... São Paulo”, realizados a partir de fotografias captadas por diversos fotógrafos e que têm como tema central o cotidiano urbano.
.
“Quase todos os dias...São Paulo” passou com destaque por festivais do ano passado, como o 31º Guarnicê, em São Luís e o 3º Cinema e Cidade, em Porto Alegre, quando foi escolhido Melhor Filme pelo júri técnico.
.
Os vídeos da oficina serão feitos com montagem fotográfica por meio da técnica “Time laps”, que possibilita criar de lapsos de tempo entre uma fotografia e outra e, assim, a sensação de movimento e aceleração.
.
O conteúdo da oficina prevê desde a exibição de filmes com temática urbana, discussão de locações, pautas e procedimentos para fotografar, até a captação de imagens que serão utilizadas no vídeo produzido pelos participantes.
.
FINISTERRA
.
O fotógrafo Mariano Klautau Filho mostra em Montevidéu a exposição “Finisterra”, que ele já expôs na capital paraense no ano passado. A exposição abre no próximo dia 21 e fica até 30 de dezembro, no Foto Club Uruguaio. São fotografias de trabalhos realizados entre 2002 e 2007, das séries “Matéria Memória”e “Hoppe”. O primeiro revela fotografias dípticas – conjunto de duas obras do mesmo gênero, que se completam–em cor, que pretendem mostrar a dinâmica entre paisagem exterior e interior.As imagens foram feitas como se fossem diários virtuais, captadas em lugares e tempos diferentes, a partir de uma construção. A série “Hoppe” é uma referência direta a Edward Hopper – pintor norte-americano lembrado por suas misteriosas representações realistas da solidão na contemporaneidade. Nas imagens da série, os personagens começam a aparecer e, assim como nos quadros de Hooper, é possível notar o caráter narrativo das fotografias, o que confere uma atmosfera ficcional à série e uma inter-relação entre linguagens.
.
Participação paraense no Fotograma 09
.
Oficinas:
.
“Montevideo: casi todos los días”, com Alberto Bitar.
.
“Fototaxia”, com Miguel Chikaoka.
.
Conferência:
.
“Miguel Rio Branco e As Tensões da Imagem” com Mariano Klautau Filho.
.
Comunicação:
.
“Nossas Memórias e Esquecimentos”, com Claudia Leão.
.
Exposição:
.
“Finisterra” - individual de Mariano Klautau Filho, no Foto Club Uruguayo, até dia 30 de dezembro, em Montevidéu. (Diário do Pará)
.
.

Sem comentários: