Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Em torno do Largo da Anunciada

* Victor Nogueira

Poderia esta desafogado espaço urbano ser considerado em várias "séries": "Recantos de Setúbal", "Águas em Setúbal e Azeitão", "Brasonarias" ou "Via Sacra em Setúbal". Nas três últimas já foi inserido e nos "recantos" ... bem, o novo arranjo urbanístico deu-lhe um ar ascético, desafogado, quiçá desolado,  ao retirar-lhe a esplanada, dificilmente podendo considerar-se "recanto" o que se tornou espaço de passagem. 

O que sobressai é evidentemente o Chafariz do Sapal, que outrora esteve no antigo Largo de Sapal, actual Praça do Bocage. Mas também merecem referência a antiga Igreja da Anunciada, com Hospital anexo, que foi quartel de bombeiros e que com nova valência ficou completamente descaracterizada, perdendo as excelentes condições acústicas para espectáculos musicais. De referir também a Capela de S. Marçalo (Via Sacra)  e oliveira ecuménica da Paz, recentemente plantada.
















Monumento à Resistência ao Fascismo, na Avenida Luísa Todi





Capela de S. Marçalo e oliveira ecuménica da Paz





(foto inferior de 2017.07.05)

aniiga Igreja de N- Sra da Anunciada




fotos em 2017.08.10


Google Earth






Sem comentários: