Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Exposição de fotografias 100 X França

The great wave - Le Gray
The great wave - Le Gray
.
.
05/08/2009 16:01
Palácio das Artes de Belo Horizonte conta em fotografias histórias da França
.
BELO HORIZONTE [ ABN NEWS ] - A Fundação Clóvis Salgado (FCS) também está presente nas comemorações do ano da França no Brasil. De 7 de agosto a 7 de setembro, o Palácio das Artes recebe a exposição de fotografias 100 X França, na Galeria Genesco Murta. Com curadoria de Sophie Schmit (historiadora de arte, jornalista e curadora independente), a mostra leva aos visitantes um pouco da história da fotografia francesa, desde sua origem (1839) até os dias atuais. A exposição também faz uma homenagem a uma das primeiras repórteres fotográficas, a francesa Janine Niépce (1921-2007).
.
As 100 imagens escolhidas integram o acervo de três das mais ricas coleções públicas de fotografias existentes no mundo: da Biblioteca Nacional da França, do Museu d’Orsay e do Centro Popidou, em Paris. Cada uma das imagens é apresentada com um texto que conta a respectiva história da fotografia e do seu autor, da França, dos franceses e da cidade-luz, Paris. Participam também o Ministério da Cultura, a Escola Nacional de Belas Artes de Paris, a Fundação Jacques Henri Lartigue, o Estate Brassaï, colecionadores particulares, fotógrafos, artistas ou os seus detentores de direitos autorais.
-
A fotografia não pode ser compreendida sem se acompanhar a evolução de sua técnica. No início, ela é pouco a pouco elaborada por ricos inventores apaixonados por este tipo de arte. Com a evolução das técnicas da captação das imagens e o surgimento de recursos como a possibilidade de se reproduzir cópias, a fotografia passa a ser comercializada por profissionais talentosos como Félix Nadar e Mayer & Pierson. Ferramenta da propaganda imperial de Napoleão III (1852-1870), a fotografia também foi testemunha, ao longo de sua existência, das mudanças urbanísticas (grandes obras de Paris), políticas (a Comuna) e sociais (êxodo rural) de uma sociedade em constante mutação.
.
100 X França
.
Os visitantes poderão desfrutar de importantes momentos da história francesa contadas pela fotografia. Os registros passam por aspectos cotidianos de pessoas simples e monarcas, retratam o mundo das artes (museu do Louvre), da religião (torres da catedral de Notre Dame), o rio dos apaixonados (Sena), a história da construção da Torre Eiffel (1888 a 1889) e muitas outras histórias.
-
A exposição 100 X França coloca lado a lado obras de gênios como Nicéphore Niépce, Louis-Adolphe Humbert de Molard, Gustave Le Gray, Charles Nègre, Eugène Cuvelier, os irmãos Bisson, Félix Nadar e Eugène Atget. Dos fotógrafos menos conhecidos, há produções de Édouard Baldus, Charles Marville, Auguste Collard, e também cópias de amadores anônimos ou célebres como Jacques Henri Lartigue ou o conde Robert de Montesquiou.
.
A mostra deseja não somente destacar a extraordinária vitalidade de uma criação iniciada na França há menos de dois séculos como, principalmente, permitir a cada visitante que testemunhe uma história.
.
Serviço:
.
Evento: Exposição 100 X França
Período: 7 de agosto a 7 de setembro de 2009
Horário: segunda: 18h às 21h / terça a sábado: 9h30 às 21h / domingo: 16h às 21h
Local: Galeria Genesco Murta – Palácio das Artes
Avenida Afonso Pena, 1537, Centro)
Entrada gratuita
Informações: (31)3236-7400
Site: www.fcs.mg.gov.br
.
.
in Agência Brasileira de Notícias
.
.
.
.

Sem comentários: