Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Pela A5, entre o Restelo e Paço de Arcos

* Victor Nogueira

Outrora a A5 (Lisboa / Cascais) era ladeada por árvores, que foram derrubadas para permitir o aumento das faixas de rodagem nos dois sentidos. O verde ainda se vê, ao atravessar o Parque do Monsanto, ou nos campos ainda não ocupados por urbanizações nos concelhos de Oeiras e de Cascais.

A presente sequência foi efectuada no banco traseiro do carro, desta vez por detrás do banco do pendura, para Norte e a Caminho de Oeiras.

Ao longo da A5




























Paço de Arcos











fotos em 2017.02.14

Sem comentários: