Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

quinta-feira, 3 de março de 2011

O tempo na voz de Almir Sater


.

De: | Criado: 25/01/2008
No rastro da lua cheia, natureza...
.
.
.
.
maraguardieiro | 22/01/2008 | utilizadores que gostaram deste vídeo, 3 utilizadores que não gostaram deste vídeo
Composição de Milton Nascimento /Chico Buarque e cantada por Almir Sater e Renato Teixeira. O cio da Terra
.
debulhar o trigo
recolher cada bago do trigo
forjar do trigo o milagre do pão
e se fartar de pão
decepar a cana
recolher a garapa da cana
roubar da cana a doçura do mel
se lambuzar de mel
afagar a terra
conhecer os desejos da terra
cio da terra propícia estação
e fecundar o chão 
.
.
http://www.lyricsondemand.com/a/almirsaterlyrics/ciodaterralyrics.html
.

.

De: | Criado: 08/05/2009
azul do céu brilhou, mês de maio enfim chegou. Mês de Maio
clipe em homenagem ao belo mes de maio, com a música de Almir Sater e Paulo Simões
.
Azul do céu brilhou
E o mês de maio, enfim chegou
Olhos vão se abrir, pra tanta cor
É mês de maio, a vida tem seu esplendor
A luz do sol entrou
Pela janela e convidou
Pra tarde tão bela, e sem calor
É mês de maio, saio e vou ver o sol se pôr
Horizonte, de aquarela, que ninguém jamais pintou
E um enxame, de estrelas, diz que o dia terminou

Noite nem se firmou
E a lua cheia, já clareou
Sombras podem vir, façam favor
É mês de maio, é tempo de ser sonhador

Quem não se enamorou
No mês de maio, bem que tentou
E quem não tiver, ainda amor
Dos solitários, o mês de maio é o protetor

Boa terra, velha esfera, que nos leva aonde for
Pro futuro, quem nos dera, que te dessem mais valor
.
.
http://www.lyricstime.com/almir-sater-m-s-de-maio-lyrics.html
.
.

Sem comentários: