Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sábado, 12 de setembro de 2015

feira medieval em leça do balio

* Victor Nogueira





in http://rebobinandoeltiempo.es.tl/Los-caballeros-hospitalarios.htm


Não assistimos a qualquer recriação histórica nesta que é a 1ª Feira Medieval por mim visitada, esta em torno do Mosteiro de Leça do Balio. Tendas que pretendem assemelhar-se às medievais "abrigam" um pouco de tudo: artesanato, vestuário, calçado, adereços florais, comes e bebes, artigos de couro,  óleos e ervas da "medicina" popular, objectos alusivos ao evento, cartomância .... Em enormes assadeiras com espeto volteiam ao lume porcos inteiros, a carne cortada às lascas para as zonas da comezaina. Numa tenda expôem-se cobras vivas  e um camaleão, dentro de caixas com tampo de vidro. Num cercado estão uma pata, uma galinha, uma cabra e uma porca com os respectivos filhotes. Debaixo dum toldo, corujas, mochos e aves de rapina que não identifico. Junto às margens neste troço verdejantes do rio Leça um mini-estábulo com alguns cavalos. Nas tendas, expostos ao ar e ao vento, os artigos alimentares (doçaria, ervas, carnes ... ) não merecem a atenção dos fiscais da Autoridade da Segurança Alimentar e Económica (ASAE). 

Pelas áleas passam pessoas pretensamente vestidas com trajes medievais: cavaleiros hospitalários, a pé ou a cavalo, freiras, damas, artesãos, gente do povo, saltimbancos ... Alguns adultos e crianças a  cavalo preso pela brida dão pequenas voltas pelo recinto, Nalgumas tendas, perto do que resta dos claustros, situam-se tendas de artesãos medievais, como o ferreiro que faz as cotas de malha.  Junto aos claustros um magote de pessoas ouvem as explicações de alguém - deve ser uma das visitas guiadas - e por entre as grades entre-vejo abancados em torno duma mesa em bancos corrridos o que presumo sejam os "cavaleiros-monge" à hora da refeição.

Vários são os eventos recriados nos 3 dias do certame: a chegada dos peregrinos a Santiago de Compostela, um auto de fé, um torneio a cavalo, a lenda do Ferro Calvo (a prova de Deus), a chegada e o casamento de D. Fernando I com Leonor Telles.


Os visitantes começam a aumentar ao cair da tarde, quando abancamos para jantar: papas de serrabulho, sandes de carne de porco, alheiras e pão com chouriço, regados com sangria e, no meu caso, iced tea


A tarde esteve cinzenta e ameaçando chuva mas ao anoitecer o sol rompeu as nuvens, sem aquecer a brisa fria que escorria.













































































tenda dos brasões - aqui a tendeira disse-me que não se podiam tirar fotos, nel ão sei bem porquê pois o desenho deles está diponível na internet ou em livros como o "Armorial Lusitano" (http://www.portuguesaebrasileira.com/genealogia.html)

























Ver Feiras Medievais 2015 - Porto e Norte in  http://www.portoenorte.pt/client/files/0000000001/2934.pdf

Várias cidades de Portugal acolhem feiras medievais ao longo do ano. Confira todas as datas.

Ver também (listagem não exastiva) Calendário de Feiras e Mercados Medievais 2015

Algumas das feiras mais populares em Portugal não são exclusivamente medievais, e retratam por vezes também outros períodos da história. Em 2015 serão dezenas de diferentes Feiras Medievais ou Históricas a acontecer em Portugal.

Março

  • 12 a 15 - Feira Medieval de Odivelas
  • 14 e 15 - Mirandela - Feira à Moda Antiga
  • 19 a 22 - Feira Medieval de Corroios
  • 28 e 29 - Vila Ruiva Medieval 

Abril

  • 3 a 6 - Mercado Nazareno de Santo Tirso
  • 10 a 12 - Feira Medieval de S. Domingos de Rana
  • Dia 30 - Feira Medieval da Senhora da Hora

Maio

  • De 30 de abril a 3 de maio - Feira Medieval da Senhora da Hora
  • 16 e 17 - Feira Medieval Estremoz
  • 20 a 24 - Braga Romana
  • 23 e 24 -  Feira Medieval Sarzedas
  • 28 a 31 - Barcelos Cidade Medieval
  • 29 a 31 - Feira Medieval de Moreira da Maia, Mercado Romano (Porto)
  • 29 a 31 - Feira Medieval de Alhos Vedros

Junho

  • 4 a 7 - Feira Medieval de Torres Novas
  • 5 a 7 - Feira Quinhentista de Alcochete
  • 19 a 21 - Medieval do Beato
  • 20 a 21 - Feira Medieval de Viana do Castelo
  • 25 a 28 - Feira Medieval Quinhentista de V.N. Famalicão
  • 27 e 28 - Feira Medieval de Linda-a-Velha 

Julho

  • 16 de julho a 2 de agosto (aberto de quintas-feiras a domingos) - Mercado Medieval de Óbidos
  • 16 a 19 - Feira Medieval de Sintra
  • 22 a 26 - Feira Medieval de Caminha
  • 29 - Viagem Medieval em Terra de Santa Maria da Feira

Agosto

Setembro

  • 11 a 13 - Feira Medieval do Montijo
  • 25 a 27 - Feira Medieval de Palmela

Feiras Medievais em Portugal

Distribuídas normalmente no calendário entre os meses de março e dezembro, as Feiras Medievais e Históricas retratam histórias, artes e ofícios das populações na idade média, e permitem apreciar tradições recriadas, com maior ou menor precisão, de uma forma muito visual e atrativa. É comum as feiras medievais recriarem eventos históricos de relevo em Portugal.
http://www.online24.pt/feiras-medievais/

Sem comentários: