Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Murais em Setúbal 48 - Grafitos 04 - Azinhaga Nova Sintra (Pinheirinhos)

* Victor Nogueira

Paulatinamente novos edifícios vão substituindo as casas abarradas dos Pinheirinhos, outrora zona rural onde coexistiam edifícios fabris e as habitações insalubres do operariado setubalense, por vezes em pátios, num dedalo de estreitas ruas e azinhagas, hoje "mostruário" de grafitos que o tempo vai degradando, como se mostra em Murais em Setúbal 45 - Rua Vale de Pinheiros e em Murais em Setúbal 43 - Rua João Maria Jales (Azinhaga dos Espanhóis) Contudo as ruínas duma ou doutra casa mostram que entre os moradores de antanho alguns tinham melhor passadio que a maioria dos vizinhos. Dentre os  grafitos sobressaem os assinados por EGOS., de rostos humanos.








































fotos em 2018.02.02

Série Murais e Grafitos em Setúbal





  • Google Ea
  • Goovgle Earth (2014.12)

Sem comentários: