Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

ALENTEJO : POVO QUE CANTA NÃO PODE MORRER




.
Enviado por em 02/12/2011
ALENTEJO : POVO QUE CANTA NÃO PODE MORRER


Um povo que cantava quando lhe faltava o pão, quando, como CATARINA EUFÉMIA reivindicava por melhor vida, por trabalho, que se dava à terra ninando as loiras espigas com seu canto dolente e melancólico e dele depois fazia festa quando o momento da colheita acontecia, merece ver reconhecida esta forma bela e secular de bem saber viver fazendo do pouco, canto.

.
A divulgação no exterior do Cante traria como... benefícios naturais a renovação desta tradição secular , mas também novos olhares sobre o Alentejo e o País em geral, novos intercâmbios de valores, a vários níveis com o exterior que ainda não a conhece.
.
Esta é pois uma causa do interesse de todos os Portugueses que gostariam de poder mostrar de sua raça ao exterior, a sua verdadeira face, muito além e tão maior que a imagem que muitas vezes a situação conhecida actual lá fora revela de nós.
.
Nós somos um Povo trabalhador, que do pouco faz pão com a solidez e o encanto com que de geração em geração se repete este canto, entre outros.
.
APOIE a candidatura do CANTE ALENTEJANO a património da humanidade, designadamente assinando esta petição:
.


Saiba mais aderindo no facebook ao grupo Alentejanos no Facebook aqui :


*

Este vídeo tem por exclusivo objectivo divulgar o cante alentejano e apoiar a candidatura do mesmo a património da humanidade pela UNESCO.
Imagens do Alentejo da rede

Música do grupo coral alentejano "Os almocreves" "lindo ramo verde escuro"

*
Cante Alentejano, Moda "lindo ramo verde escuro" pelo Grupo Coral Alentejano "Os Almocreves"
.
.
.
Enviado por em 10/12/2011
Esta voz pertence a esta linda senhora de seu nome(http://youtu.be/8DOGd78WoQU ) Vírginia Dias de Peroguarda.
.
É verdadeiramente a voz de um Povo que canta. Canta de geração em geração quando trabalha, quando sofre, quando ama, quando se alegra.
.
Um cante doce, dolente tal qual se espraia a lua na longa planície alentejana .Com uma mágica pitadinha de nostalgia, de melancolia e um raio de esperança retirado aos braços de sol que aloira as espigas de trigo com que se fará depois o pão nosso de cada dia...
.
É um Povo a cantar, o nosso Povo a cantar...
.
Um Povo que face às adversidades da vida ergue-se em esforço ao trabalho cantando e faz da sua dor e da sua alegria canção.
.
Talvez não saiba ainda, ou talvez o assunto não tenha ainda merecido a sua atenção : foi solicitado à UNESCO, ora após o fado, que declarasse o CANTE ALENTEJANO património imaterial de toda a humanidade. 

1 comentário:

Maria João Brito de Sousa disse...

Ele há lá morte que nos leve o Alentejo!!! :)