Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

terça-feira, 17 de abril de 2012

Retratos Fotográficos e não só


José Gomes Ferreira


Jerónimo de Sousa


Charlot


Ho Chi Minh


Catarina Eufémia


Sophia de Mello Breyner





Isabel do Carmo


Fernando Pessoa

Que importa perder a vida
em luta contra a traição,
se a Razão mesmo vencida,
não deixa de ser Razão

António Aleixo


Quantos ouvidos o homem deve possuir até que possa escutar o choro do povo?

BOB DYLAN


Sem comentários: