Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Que futuro para os fotógrafos em Portugal?

A Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas (CPPME), a convite da Associação Nacional dos Profissionais de Fotografia (ANIF), participou, domingo, num debate em Vila Franca de Xira, com o tema «Que futuro para os fotógrafos em Portugal».
.

Nesta iniciativa, que contou com a presença de cem profissionais do sector, foi abordada a «falta de atribuição de uma certificação profissional», a «redução da procura, fruto da redução do poder de compra», o «crescimento da economia paralela», a «total desregulamentação do sector» e o «fortalecimento da concorrência, emergente nas grandes superfícies e em alguns organismos públicos».

.
in
http://www.avante.pt/noticia.asp?id=27903&area=7
.
Nº 1938
19.Fevereiro.2009
.

Sem comentários: