Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

segunda-feira, 13 de abril de 2020

Murais e Grafitos em Setúbal 78

* Victor Nogueira

As ruas estavam desertas e sendo embora poucas, as pessoas pelos passeios eram mais que os automóveis que circulavam, a maioria estacionados. As pessoas seguiam isoladas ou aos pares, algumas carregasndo sacos com as compras feitas no Lidl da Belavista. Límpido e azul  estava o céu e silencioso o ar. Os murais e grafitos fotografados, uns recentes, outros antigos, situam-se na Rua Luís Sá e na esquina desta com a Avenida Afonso de Albuquerque, mas também na Rua Gil Eanes.


Rua Luís Sá












(Fotos em 2020.04.11 e 16)












Rua Gil Eanes

























***








Fotos em 2020.04.02

Sem comentários: