Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

segunda-feira, 25 de abril de 2016

do Cabo Espichel ao Castelo de Sesimbra

* Victor Nogueira


Ultrapassados os aglomerados urbanos, uma rectilínea tira de estrada ladeada de vegetação rasteira desemboca num campo de terra batida pejado de automóveis, junto ao vasto terreiro ladeado das casas dos peregrinos com a Igreja ao fundo. Eis o Santuário do Cabo Espichel, dum encanto para mim sempre renovado. que já foi objecto duma outra minha photo-reportagem intitulada 

entre o castelo de sesimbra e o cabo espichel


As hospedarias, caiadas de branco, têm as janelas e portas emparedadas e a reconstrução dos telhados não respeitou a traça inicial, em tesoura. A Casa da Ópera continua em ruínas e nas construções adjacentes persistem apenas alguns panos de parede. Os "registos" (azulejares) da Ermida da Memória praticamente desapareceram, fruto de vandalismo. No terreno de terra batida estacionam muitos automóveis e um pequeno café com esplanada serve os visitantes, enquanto "recuerdos" se vendem numa tenda ao ar livre. As falésias estão agora protegidas por vedações, para prevenção de acidentes; a tarde está límpida e soalheira e a ventania característica da zona varre desagradavelmente o cabo desabrigado. Testemunhando a primavera, mantos de flores brancas ou amarelas colorizam  o verde da erva.

Daqui o destino é o Castelo de Sesimbra, altaneiro como sentinela do mar e dos campos em redor. No recinto amuralhado da abandonada vila de outrora, no adro da Igreja de N. Sra. do Castelo,  algumas estátuas em mármore são novidade: uma sereia, um bote, golfinhos, um cardume de peixes.


foto Victor Nogueira - ermida da memória


foto Victor Nogueira - farol




Foto Victor Nogueira - Cabo Espichel (enseada a norte conhecida como praia dos lagosteiros)



Foto Victor Nogueira - Igreja  de N Sra do Cabo Espichel




Foto Victor Nogueira - Grafitti contra a "loja de chineses"


foto victor nogueira - terreiro dos peregrinos com a mãe de água ao fundo


foto victor nogueira - castelo de sesimbra


foto victor nogueira - sesimbra vista duma das seteiras do castelo


foto victor nogueira - pano de muralha e caminho da ronda da antiga  vila medieval


foto victor nogueira - igreja de n. sra. do castelo


foto victor nogueira - torre de menagem

1 comentário:

Mona Lisa disse...

Fantástica reportagem.

Beijinhos.