Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Santa Maria da Feira

* Victor Nogueira

fotos em 1989.09



Centro Histórico




Igreja do Convento dos Loios e chafariz


Igreja da Misericórdia










Castelo


pôr do sol


O castelo de Santa Maria da Feira, já existia quando o conde D. Henrique recebeu o Condado Portucalense.A actual arquitectura do castelo tem origem no reinado de D. Afonso V, por volta de 1448, pela mão do primeiro conde da Feira. No início do século XVIII um incêndio devastou esta residência senhorial, dando início a um longo período de abandono. 

Classificado como Monumento Nacional, teve obras a cargo da Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais, é considerado como uma das obras emblemáticas da arquitectura medieval portuguesa.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~

1998 06 14 - 1998 09 12 e 1999 08 25

Santa Maria da Feira


Castelo lá no cimo da encosta arborizada, frondosa, onde as pessoas deambulam calmamente. No sopé, no Rossio onde outrora se realizava a feira medieval,  uma igreja e convento do Elói lá em cima, com acesso por ampla escadaria, com fontanário e cruzeiro cá em baixo. Neste Rossio arborizado se realiza uma importante romaria, a Festa das Fogaças. Aqui se situa um espigueiro junto ao Orfeão da Feira  e um quiosque de ferro verde.


O "centro histórico" é pequeno,  com uma rua pedonal  e um largo com fonte a meio e edifício brasonado, onde também se situa o da Câmara: claro que falamos da Rua Direita e da Praça Velha.   (Notas de Viagem 1998.06.14)

1 comentário:

Maria Miranda disse...

Victor isto mais que o Castelo isto é uma visita guiada é muita história muita preciosidade Obrigada Amigo Beijos