Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

sábado, 23 de agosto de 2008

Sexta-feira, 14 de Setembro de 2007

Um cavalo no altar-mor

S. Martinho do Porto (quadro - S. Martinho montado no seu cavalo)
.
Foi desta igreja que falei no post anterior

1 comentários:

De Amor e de Terra disse...
.
De S.Martinho, sei uma das histórias possíveis, já que pesquisando, se encontra várias personagens com o mesmo nome e de diferentes origens.Na lenda que conheço, Martinho é representado a cavalo por ser soldado de Roma e o "Milagre" ter acontecido quando seguia nele.


Maria Mamede

.
.

Sem comentários: