Escrevivendo e Photoandando por ali e por aqui

“O que a fotografia reproduz no infinito aconteceu apenas uma vez: ela repete mecanicamente o que não poderá nunca mais se repetir existencialmente”.

Roland Barthes

.

«Ao lermos uma novela ou uma história imaginamos as cenas, a paisagem, os personagens, dando a estes uma voz, uma imagem física. Por isso às vezes a transposição para o cinema revela-se-nos uma desilusão. Quando leio o que a Maria do Mar me escreve(u) surge perante mim a sua imagem neste ou naquele momento da nossa vida, uma pessoa simples, encantadora, gentil e delicada.»

Victor Nogueira

domingo, 31 de agosto de 2008

Mértola - na rota islâmica (2)

Castelo - torre de menagem

Igreja Matrzis (antiga mesquita) - pormenor do portal principal

A Povoação pela encosta vista do Castelo

Igreja Matriz (antiga Mesquita) - vista do Castelo

passadiço ligando ruas
.
.

2 comentários:

De Amor e de Terra disse...

É tão bom conhecer, viajando e lendo...
espero um dia ir a Mértola, que ainda não conheço e de que tanto oiço falar, principalmente a propósito das escavações arqueológicas.
Obrigada pela partilha das fotos Victor, que sempre me encantam.
Bj
M.M.

Maria Silvestre disse...

OS VIAJANTES da noite murmuram o teu nome
E as areias do deserto derramam sobre quem te pisa
O perfume do almíscar.
E na formosura da invocação sabemos da beleza do invocado
Como pelo verdor das margens se pressente o rio.

IBN SARA

(Não nasceu em Mértlola, mas é um dos maiores poetas do Al-Andaluz.
Desculpa se é a despropósito, não resisti comentar.)